Gestão

Saúde mental e fortalecimento das ações contra o coronavírus são temas de reunião no IFG

Comitê Operativo de Emergência da Instituição realizou, nesta segunda-feira, reunião para avaliar ações desenvolvidas na Instituição

  • Imprimir
  • Criado: Terça, 07 de Abril de 2020, 15h18
  • Última atualização em Terça, 28 de Abril de 2020, 20h05

 

Com a finalidade de discutir e avaliar ações de enfrentamento em relação à disseminação do novo coronavírus no âmbito do Instituto Federal de Goiás, foi realizada nesta segunda-feira, 6 de abril, reunião com o Comitê Operativo de Emergência da Instituição. Realizada via web, a reunião foi mediada e conduzida pelo reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva. O encontro contou com a presença dos membros que fazem parte do Comitê, que é responsável pelo planejamento e pela execução de ações quanto às medidas de prevenção e proteção para o enfrentamento do coronavírus (Covid-19) na Instituição.

Além do professor Jerônimo Rodrigues da Silva, participaram da reunião a diretora executiva, Adriana dos Reis Ferreira, os pró-reitores de Ensino, Oneida Irigon; de Administração, José Carlos Barros; de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos, Amaury Araujo; de Extensão, Willian Batista; de Pesquisa e Pós-Graduação, Paulo Francinete; os diretores-gerais dos câmpus do IFG, todos esses membros do Colégio de Dirigentes da Instituição. Além deles, participaram: a chefe de gabinete da reitoria, Cláudia Carrião; a médica do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass), Paula Christina de Abrantes Figueiredo; a psicóloga da Coordenação de Assistência ao Servidor, Thais de Camargo Oliveira; a assessora de Assuntos Institucionais, Gerley Lopes; o diretor de Tecnologia da Informação, Douglas Rolins; a diretora de Comunicação Social, Adriana Souza Campos; e a redatora da Diretoria de Comunicação, Paola Souza.

 

Foco na saúde mental

O reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues, iniciou a reunião fazendo uma avaliação dos últimos dias e destacou a necessidade de que seja observada com atenção a saúde mental dos estudantes e dos servidores do IFG. “É importante observarmos esse ponto, porque a saúde mental da nossa comunidade é fundamental nesse período pelo qual estamos passando. É essencial que ações mais incisivas sejam realizadas para ajudar nossa comunidade”, ressaltou o reitor.

Entre os encaminhamentos, nesse sentido, está a possibilidade de criação de um atendimento ou acolhimento coordenado e centralizado voltado à saúde mental dos estudantes e dos servidores. Além da criação dessa ação na Instituição como um todo, como destacou a diretora de Comunicação do IFG, será realizada nesta terça-feira uma entrevista ao vivo, às 15h, com a psicóloga da CAS e integrante do Comitê Operativo de Emergência do IFG, Thais Oliveira, para esclarecer questões relacionadas à saúde mental da comunidade acadêmica. A entrevista, que terá como tema “Saúde emocional em tempos de pandemia”, será transmitida no perfil institucional do IFG, no Instagram: @ifg_oficial.

 

Observações e encaminhamentos

Durante a reunião, que contou também com uma apresentação de informações sobre a Covid-19, por parte da médica do IFG, Paula Figueiredo, os pró-reitores da Instituição e os diretores dos câmpus apresentaram avaliações a respeito das medidas que foram instituídas em cada uma das unidades do IFG e chamaram atenção para questões que preocupam a comunidade acadêmica: “Há muita dúvida sobre as aulas, sobre o retorno das atividades acadêmicas em geral, e isso gera muita ansiedade e insegurança, sobretudo nos alunos”, pontuou o diretor Reinaldo Reis, do Câmpus Luziânia. Para sanar essa dúvida, como destacou o professor Jerônimo, uma reunião do Colégio de Dirigentes do IFG deverá ser marcada nos próximos dias.

Assim, entre os encaminhamentos propostos está a realização de uma reunião do Colégio de Dirigentes para apresentar considerações a respeito das atividades acadêmicas e administrativas na Instituição para as próximas semanas. Além disso, foi proposta a intensificação de ações quanto à saúde mental da comunidade acadêmica e também o fortalecimento junto aos estudantes da Instituição. Além do aumento dessas ações, foi feito o encaminhamento por parte do reitor para que seja realizada, por meio de boletins, a divulgação de todas as atividades realizadas no IFG, com o destaque para as ações de prevenção institucionais.

 

Recursos extraordinários

Uma notícia boa apresentada durante a reunião do Comitê diz respeito a um crédito extraordinário recebido pelo IFG por parte da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação. Esses recursos no valor de 300 mil reais, segundo o reitor do IFG, serão destinados às ações que a Instituição tem desenvolvido nos câmpus, como a produção de álcool em gel e máscaras e válvulas, a partir do uso de impressora 3D.

Para organizar o uso desses recursos descentralizados pela Setec/MEC, foi criado, durante a reunião, um grupo de trabalho (GT) de ações preventivas. Esse grupo, que tem dentre os seus participantes o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e o pró-reitor de Administração, irá estabelecer como serão usados os recursos destinados ao IFG para a intensificação das ações que vêm sendo desenvolvidas em toda a Instituição. Como pontuou o reitor, “os membros do grupo já devem iniciar a preparação dos processos para adquirir novos insumos para produção, pois o crédito está garantido”.

 

Acesse aqui a Portaria 561, de 23 de março, que dispõe sobre o Comitê Operativo de Emergência.


Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.