Campanha

Ação do IFG Aparecida busca minimizar efeitos da quarentena a famílias dos alunos mais carentes

Cestas básicas doadas por servidores estão sendo entregues a famílias de alunos, priorizando as que têm renda per capita inferior a meio salário mínimo

  • Imprimir
  • Criado: Quarta, 22 de Abril de 2020, 09h49
  • Última atualização em Quinta, 30 de Abril de 2020, 18h00
Pouco mais de uma semana após ser lançada a campanha, o câmpus conseguiu arrecadar mais de 30 cestas básicas e já começou a fazer a distribuição
Pouco mais de uma semana após ser lançada a campanha, o câmpus conseguiu arrecadar mais de 30 cestas básicas e já começou a fazer a distribuição

O Câmpus Aparecida de Goiânia do IFG está realizando uma campanha de arrecadação e distribuição de cestas básicas para minimizar os efeitos econômicos das medidas de prevenção ao coronavírus (Covid-19) entre as famílias dos alunos mais carentes do câmpus. Além do fechamento temporário do restaurante estudantil, por causa da suspensão do calendário acadêmico, algumas famílias de alunos que já apresentavam característica de vulnerabilidade social tiveram sua renda reduzida pela falta de trabalho. Tais fatos justificam a mobilização de servidores na campanha.

A iniciativa de realizar a campanha foi da Direção-Geral do câmpus e está contando com apoio dos servidores docentes e técnicos administrativos na doação de cestas básicas. O levantamento das famílias que mais precisam de ajuda foi feito pela Coordenação de Assistência Estudantil (CAE), tanto a partir do cadastro sócioeconômico dos alunos como a partir de informações que recebeu de alguns servidores, que foram contactados por alunos relatando dificuldades econômicas da família.

 

Prioridade

Dos 813 alunos atualmente matriculados no Câmpus Aparecida de Goiânia do IFG, 47 têm renda familiar per capita de até um quarto do salário mínimo, 136 têm renda familiar per capita entre um quarto e meio salário mínimo, 138 estão na faixa entre meio e um salário mínimo e 38 alunos têm renda familiar per capita de um a um e meio salário mínimo. A expectativa da comunidade acadêmica do IFG Aparecida com a campanha é conseguir entregar ao menos uma cesta a cada uma dessas famílias, priorizando as mais vulneráveis.

Pouco mais de uma semana após ser lançada a campanha, o câmpus conseguiu arrecadar mais de 30 cestas básicas e já começou a fazer a distribuição. À medida que forem chegando mais contribuições de servidores, novas famílias relacionadas pela CAE receberão o donativo. Além da cesta de alimentos, cada família recebe uma máscara de proteção facial, como forma de incentivar e colaborar com as medidas de proteção necessárias para evitar o contágio pelo coronavírus. As máscaras, feitas de tecido, foram confeccionadas pela diretora-geral do Câmpus, professora Ana Lucia Siqueira de Oliveira.

Além da entrega das cestas, que está sendo feita nas residências dos alunos por servidores ou sendo buscada no câmpus pelo estudante beneficiado ou algum familiar, está mantido para os alunos da Educação Básica o auxílio refeição do Programa de Assistência Estudantil. No Câmpus Aparecida de Goiânia 383 alunos estão recebendo esse benefício, no valor de R$ 120,00 mensais, enquanto estiver suspenso o funcionamento do Restaurante Estudantil.

 

Coordenação de Comunicação Social / Câmpus Aparecida de Goiânia