Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Participação Congresso

Estudantes participaram de Congresso Brasileiro de Agroecologia

Publicado: Quarta, 29 de Novembro de 2023, 10h33 | Última atualização em Quinta, 21 de Dezembro de 2023, 17h14

O evento ocorreu na cidade do Rio de Janeiro, estudantes dos Bacharelados em Agronomia e Cinema participaram com apresentações de trabalhos

A estudante Marivânia Pereira apresenta trabalho durante o Congresso
A estudante Marivânia Pereira apresenta trabalho durante o Congresso

Entre os dias 20 e 23/11 ocorreu, na cidade do Rio de janeiro, o 12ª Congresso Brasileiro de Agroecologia que teve a participação de estudantes dos Bacharelados em Agronomia com apresentações de projetos de Iniciação Científica e Tecnológica em que foram bolsistas como PIBIC e PIBITI, trabalhos de conclusão de curso, além do projeto de extensão "Quilombos Sustentáveis em Rede". Os estudantes do Bacharelado em Cinema, egressos e professores participaram da produção e realização do II Festival Internacional de Cinema Agroecologia que fez parte da programação oficial do Congresso. A participação dos estudantes foi possibilitada pelo Programa Institucional de Incentivo do IFG para apresentação de trabalhos em Eventos Científicos e Tecnológicos (PAECT 2023).

Marivânia Pereira e Bruno Guimarães apresentaram o trabalho "Sorvete e biscoito com frutos de tucum do cerrado (Astrocaryum huaimi): um produto da sociobiodiversidade da agricultura Familiar em Goiás - GO", orientado pelo professor Diogo Souza. Eles levaram a produção de biscoito e quebradores feitos com a fibra bruta do tucum aos ouvintes que desgustaram e aprovaram os produtos. "Muitos que estavam ali não conhecia o fruto e muito menos o sabor. O foco foi mostrar para o mundo o potencial econômico e nutricional que o Tucum tem, além de poder conhecer outras culturas de outros territórios, tive oportunidade de participar de palestras e rodas de conversas sobre a soberania alimentar, um assunto de muita importância para mim enquanto graduanda em Agronomia", explica Marivânia.

Para o estudante Bruno a experiência no Congresso serviu para renovar as forças da luta pela agroecologia e por um sistema mais justo de produção. "A sensação de ver a quantidade de pessoas participando e lutando pela causa da agroecologia é extremamente gratificante e traz a sensação de esperança para nós futuros profissionais na área e também cidadãos que necessitamos do uso sustentável dos recursos para que possamos desfrutá-los por mais tempo. Somado à isso as experiências vivenciadas e ouvidas durante o evento só me fez crescer como pessoa e como profissional e me deu um gás para saber da importância que nós temos em disseminar este saber agroecológico para o mundo passando por cima dos paradigmas do agronegócio e da produção convencional". 

II Festival Internacional de Cinema Agroecológico fez parte da programação geral do Congresso. Foto de Ludmila Pereira

A estudante do Bacharelado em Cinema, que também cursa o mestrado em Geografia na Universidade Estadual de Goiás (UEG), Elissa Mattos apresentou o trabalho "Agroecologia e Diversidade: LGBTQIA e Agrecologia - apontamentos sobre as conexões entre diversidade de gênero, sexual e afetiva" com coautoria de Victória Magalhães, também estudante de Cinema. Além disso, junto com o estudante Henrique integrou o grupo interdisciplinar de estudo, pesquisa e trabalho em visita à Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF) e ao Núcleo Diversitas da Universidade de São Paulo (USP). Para ela, a experiência afirma a importância das instituições públicas de ensino em sua formação. "Participar do 12° Congresso Brasileiro de Agroecologia foi mais um precioso presente que integrar a universidade pública me ofereceu. Integrar a equipe que consolidou O Festival Internacional de Cinema Agroecológico está sendo enriquecedor por inúmeros motivos, especialmente no que nos fortalece como agentes de mudança,  operários da ciência que é acadêmica e se compromete em ser humanista,  popular no sentido do que nos ensina Paulo Freire".

Além de Elissa e Henrique, o egresso César Pulido e a professora do IFG Iara Jayme integraram a equipe de organização do Festival. 

 

Fim do conteúdo da página