Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Inclusão/Acessibilidade
Início do conteúdo da página

Inclusão/Acessibilidade

Publicado: Terça, 16 de Agosto de 2016, 11h40 | Última atualização em Segunda, 05 de Fevereiro de 2024, 15h33

Material de Apoio 

 

Nesta aba você encontrará produções acadêmicas concernentes à perspectiva inclusiva de Educação Especial.

 

 A constituição do sujeito simbólico: para além dos limites impostos à deficiência mental. Anna Maria Lunnardi Padilha.

 A construção da subjetividade através da Interação dialógica pela Comunicação Suplementar e alternativa. Paula Mello Pereira Passos.

 A experiência de ser surdo: uma descrição fenomenológica. Rodrigo Rosso Marques.

 A experiência perceptiva é o solo do conhecimento de pessoas com e sem deficiências sensoriais Elcie F. Salzano Masini.

 A inclusão de estudantes com deficiência, no ensino superior. Elcie Masini e Fernanda Bazon.

 A invenção e a exclusão da alteridade "deficiente" a partir dos signi­ficados da normalidade. Carlos Skliar.

 A psicologia do vencimento, da superação da cegueira a partir da teoria histórico-cultural. Douglas Christian Ferrari e Melo; Rita de Cassia Cristofoleti e Elisabeth Rossetto. 

 Avaliação pedagógica: foco na deficiência intelectual numa perspectiva inclusiva. Anna Augusta Sampaio; Fernanda Oscar Dourado Valentim e Luis Henrique Silva (Org.)

 Conhecimentos necessários para elaborar o PEI. Vânia Benvenuti Barbosa e Marcos Pavani de Carvalho.

 Crítica da medicalização na educação escolar: um saber necessário na formação de professores. Ademir Henrique Manfré.

 Deficiência intelectual na perspectiva histórico-cultural: contribuições ao estudo do desenvolvimento adulto. Sueli de Souza Dias; Maria Cláudia Santos Lopes de Oliveira. .

 Ensino colaborativo para o apoio à inclusão escolar: práticas colaborativas entre os professores. Carla Ariela Rios Vilaronga e Enicéia Gonçalves Mendes.

 Inclusão escolar nos Institutos Federais brasileiros: serviços e possibilidades de atuação: Carla Ariela Rios Vilaronga; Jéssica Rodrigues Santos; Daniele Pinheiro Volante; Luciana Carlena Correia Velasco Guimarães (Org.).

 Inclusão social, educação inclusiva e educação especial: enlaces e desenlaces. Éder Pires de Camargo.

 Invertendo epistemologicamente o problema da inclusão: os ouvintes no mundo dos surdos Carlos Skliar e Ronice Quadros.

 Lev S. Vigotski. A defectologia e o estudo do desenvolvimento e da educação da criança anormal.

 Lev S. Vigotski. Fundamentos da Defectologia.

 Novos modos de vigiar, novos modos de punir: a patologização da vida. Maria Aparecida Affonso Moysés e Cecília Azevedo Lima Collares.

 Observatório de Educação Especial e Inclusão Educacional: pesquisa, extensão e formação de professores. Marcia Denise Petsch (Org.).

 O estado da arte sobre inclusão de estudantes com deficiências nos Institutos Federais. Poliana Cavalcante de Souza e Andreza Maria de Lima.

 O que é esta coisa chamada superdotação, e como a desenvolvemos? Uma retrospectiva de vinte e cinco anos. Joseph S. Renzulli.

 O professor e a educação inclusiva: formação, práticas e lugares. Theresinha Guimarães Miranda e Teófilo Alves Galvão Filho (Org.).

 O reconhecimento do estudante com altas habilidades/superdotação e transtorno do espectro do autismo: o contexto do ensino superior. Freitas Pereira.

 Prancha fácil – Software de Comunicação Alternativa desenvolvido pelo Núcleo de Pesquisa em Tecnologia Assistiva da UFRJ:

Vídeo de como utilizá-lo: https://www.youtube.com/watch?v=20f3Ab-U8g8

 Publicações da ISAAC Brasil, sobre uso a Comunicação Alternativa:

 Referencial sobre Avaliação da Aprendizagem na área da Deficiência Intelectual / Secretaria Municipal de Educação – São Paulo: SME. 

 Saberes docentes para a inclusão do aluno com deficiência visual em aulas de física. Éder Pires de Camargo.

 

Fim do conteúdo da página