Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Empreendedorismo

Cerca de 150 estudantes participam da maratona do Projeto Células Empreendedoras no IFG

Participantes vão escolher no final da tarde de hoje os problemas a serem trabalhados pelas equipes

  • Criado: Terça, 12 de Junho de 2018, 16h52
  • Última atualização em Quarta, 27 de Junho de 2018, 07h29
Idealizador do projeto, professor Genésio, em exposição para os mentores
Idealizador do projeto, professor Genésio, em exposição para os mentores

Começou hoje, 12, a maratona do Projeto Células Empreendedoras do Instituto Federal de Goiás (IFG), etapa na qual as equipes de estudantes são formadas, elegem os problemas a serem resolvidos e apresentam suas propostas de soluções. Os cinco melhores projetos, que serão escolhidos no final da maratona, passarão à fase seguinte da competição.

Cerca de 150 estudantes dos vários câmpus do IFG participam da maratona. Eles vão propor problemas e escolher, por meio de votação a ser realizada no final da tarde de hoje, os que serão desenvolvidos. Em seguida vão formar as equipes e trabalhar nas propostas de soluções, até sexta-feira à tarde, quando se encerra a maratona.

As equipes selecionadas nesta fase seguirão para a etapa seguinte do projeto, que é o living lab (laboratório vivo), a ser realizado em agosto. Nesta ação, com duração de 30 dias, as equipes aprenderão a validar seus projetos junto à sociedade.

Dos 30 projetos (5 de cada instituto), dez serão selecionadas para a grande final, quando os projetos serão apresentados a investidores e serão selecionados os três melhores. As três equipes vencedoras vão ganhar uma viagem a Recife, capital de Pernambuco, para conhecer o Porto Digital.

Problemas

Além dos estudantes, também participam do Projeto Células Empreendedoras professores e servidores do IFG, que estão sendo capacitados para serem mentores dos estudantes durante a maratona e multiplicadores do empreendedorismo. A capacitação teve início ontem e continuou durante o dia de hoje. Eles foram orientados pelo idealizador do projeto, professor Genésio Gomes, que é do Instituto Federal de Pernambuco.

Hoje de manhã, os participantes da maratona ouviram representantes da Prefeitura de Goiânia, de empresas, de entidades sindicais e de instituições filantrópicas, que apresentaram problemas vivenciados por eles e que precisam de soluções. Mas não necessariamente esses problemas serão sugeridos e escolhidos pelos estudantes para serem trabalhados.

O Projeto Células Empreendedoras é uma metodologia de competição entre equipes de estudantes, para desenvolver soluções para problemas sociais das comunidades onde os Institutos Federais têm atuação. Ele é coordenado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Educação e tem a participação dos Institutos Federais de Goiás, do Rio de Janeiro, da Paraíba, do Paraná, de Pernambuco e de Rondônia.

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

 

Fim do conteúdo da página