Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Comissão de Permanência e Êxito inicia o Projeto Acolher: Observatório de Convivência
Início do conteúdo da página
on-line

Comissão de Permanência e Êxito inicia o Projeto Acolher: Observatório de Convivência

Criado: Segunda, 18 de Outubro de 2021, 16h05 | Última atualização em Terça, 26 de Outubro de 2021, 18h01

Primeiros encontros on-line do projeto foram realizados na última sexta-feira

A Comissão de Permanência e Êxito do IFG-Câmpus Inhumas começa a implantar o Projeto Acolher: Observatório de Convivência. De acordo com a professora Érica da Silva Oliveira, coordenadora da 1ª Conversadoria e Escutatória do projeto, os objetivos são: criar ambientes que sejam acolhedores, seguros, justos e saudáveis e que envolvam toda a comunidade acadêmica na busca de soluções e propostas para as mais diversas demandas de permanência e êxito dos estudantes.

"Na última sexta-feira, 15 de outubro, os primeiros encontros on-line do projeto foram realizados em quatro turmas dos cursos técnicos integrados ao ensino médio, de modo piloto, como um teste. Na sequência a equipe se reunirá para ouvir as primeiras impressões da ação piloto e acertar as estratégias para entrar em todas as turmas de todos os cursos do Câmpus Inhumas", explica a professora.

Duplas

As escutas propostas no projeto estão sendo organizadas, em duplas, por servidores do Departamento de Áreas Acadêmicas (DAA), da Coordenação de Apoio Pedagógico ao Discente (Capedisc) e da Coordenação de Assistência Estudantil (CAE). Além da professora Érica, a equipe é formada pelos servidores Alex Santos Bandeira Barra (psicólogo), Elenice Fernandes Paula de Oliveira (técnica em Assuntos Educacionais), Gracielle Ferreira Valério (pedagoga), Josela Palmeira Pacheco (médica) e Letícia Maria Damasceno Sateles Alves (docente). 

"Esperamos que a escuta nos traga os direcionamentos sugeridos pelos estudantes para suas demandas. A princípio temos alguns eixos pré-definidos para as próximas ações: psicopedagógico e pedagógico; sociocultural e socioeconômico. Após realizarmos a fase da Conversadoria e Escutatória em todas as turmas, e com as informações dos instrumentos de registro dessa escuta, a equipe voltará a se reunir com a Comissão de Permanência e Êxito do câmpus para análise das demandas. O link do Google Meet de cada encontro será criado pelos escutadores e compartilhado com o representante da turma que será atendida na ocasião", conta a professora Érica.

A iniciativa da ação e a possibilidade de seu desdobramento em um projeto, surgiram de uma proposta apresentada pela então Gerente de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, professora Lorenna Silva Oliveira Costa, em reunião com a Comissão de Permanência e Êxito no final de setembro. "Aliás, é importante destacar que estamos no período de recomposição da Comissão de Permanência e Êxito do Câmpus Inhumas. Os interessados em participar devem enviar e-mail para o Gabinete da Direção-Geral (gabinete.inhumas@ifg.edu.br) até amanhã, 20 de outubro", lembra a professora. 

 

 

(Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Inhumas)  

 
Fim do conteúdo da página