Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > IFG divulga vídeos em Libras para informar a comunidade surda sobre a Covid-19
Início do conteúdo da página
Pandemia

IFG divulga vídeos em Libras para informar a comunidade surda sobre a Covid-19

Orientações para se evitar o contágio e informações sobre o auxílio emergencial do governo já estão disponíveis

  • Criado: Quarta, 15 de Abril de 2020, 15h27
  • Última atualização em Terça, 28 de Abril de 2020, 20h12
Professora Waléria Vaz em vídeo com informações sobre o coronavírus na Língua Brasileira de Sinais
Professora Waléria Vaz em vídeo com informações sobre o coronavírus na Língua Brasileira de Sinais

Em mais uma ação institucional de enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Instituto Federal de Goiás (IFG) está produzindo vídeos na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para informar e orientar a comunidade surda. Já podem ser assistidos vídeos sobre medidas que a população deve tomar para evitar a propagação do vírus e também sobre como ter acesso ao auxílio emergencial para trabalhadores informais, disponibilizado pelo governo federal.

A Diretoria de Comunicação Social (Dicom) do IFG, em parceria com o Câmpus Aparecida de Goiânia, produziu seis vídeos em Libras. Eles têm mensagens claras e objetivas, em linguagem popular, sobre o novo coronavírus. Também pensando na comunidade surda, os câmpus Jataí, Anápolis e Inhumas igualmente estão produzindo vídeos na Língua Brasileira de Sinais.

“A maioria dos telejornais e canais de informação não disponibiliza seus conteúdos em Libras. Isso dificulta que a informação chegue até o surdo, que também é um cidadão brasileiro e está passando essa crise como qualquer outra pessoa", destaca a professora de Libras Thaysa dos Anjos Silva Romanhol, do Câmpus Inhumas.

Para desenvolver o projeto de extensão voltado à inclusão das pessoas surdas, ela contou com a parceria do professor de Libras do Câmpus Anápolis, Newton da Rocha Nogueira, e do técnico em audiovisual Gabriel José Vital dos Reis, do Câmpus Inhumas, que está fazendo a edição. Os vídeos são compartilhados nas mídias sociais dos dois câmpus.

Em Jataí, a iniciativa foi da professora Kamilla Fonseca e do professor Thábio Almeida. Eles mantêm um canal no You Tube, onde divulgam informações voltadas à comunidade surda sobre as formas de prevenção à infecção provocada pelo novo coronavírus.

Já os vídeos produzidos pela parceria Dicom/Câmpus Aparecida de Goiânia, são interpretados em Libras pela professora Waléria Vaz, do curso de Licenciatura em Pedagogia Bilíngue, ofertado pelo Câmpus Aparecida. Mas os vídeos também têm áudio e legenda, para serem compreendidos por todos os públicos.

Os vídeos começaram a ser veiculados na semana passada nas mídias sociais do IFG e dos câmpus (Instagram, Facebook e Twitter) e no canal do IFG no You Tube. Eles estão disponíveis e podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte.

 

Literatura 

Pensando também no bem estar mental durante a fase de isolamento social, necessária para o enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus, professores da área de Linguagens do Câmpus Goiânia produzem vídeos de leitura de grandes clássicos literários no canal Leituras Poéticas, disponível no You Tube. O primeiro vídeo traz uma versão elaborada na Língua Brasileira de Sinais, a Libras, com a participação da professora, Soraya Bianca. 

No vídeo, a docente se apropriou de um vídeo do poema Reinvenção já existente no You Tube, narrado por Deborah Schcolnic, e interpretou para a Libras. Confira o vídeo no canal Leituras Poéticas.     

 

Acesse o canal do IFG no YouTube.

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

Fim do conteúdo da página