Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Engenharia Cartográfica e de Agrimensura recebe nota 4 em avaliação do MEC
Início do conteúdo da página
Ensino

Engenharia Cartográfica e de Agrimensura recebe nota 4 em avaliação do MEC

Em sua primeira avaliação de reconhecimento, curso conquistou um conceito bom

  • Criado: Quinta, 16 de Abril de 2020, 18h51
  • Última atualização em Terça, 28 de Abril de 2020, 20h05

 

Ofertado desde 2015 pelo Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG),o bacharelado em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura passou recentemente, nos 20 a 21 de fevereiro, pela primeira avaliação de reconhecimento do curso feita por avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Ministério da Educação (MEC). O curso conquistou nota 4 dentre uma escala de avaliação que varia de 1 (desempenho insatisfatório) a 5 (bom desempenho), conforme relatório de avaliação publicado no dia 15 de abril, na página da Procuradoria Educacional Institucional do IFG.

Acesse aqui o relatório de avaliação do curso de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura, ofertado pelo Câmpus Goiânia do IFG

 

Para a coordenação do bacharelado em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura, representada pelo coordenador e professor Domingos Sávio, a nota foi recebida com bastante êxito pelos corpos docente e discente do curso, que consideram o resultado dessa primeira avaliação como satisfatório.

Entre os aspectos que tiveram uma boa avaliação, a coordenação destaca que o curso alcançou nota máxima em 50% dos itens avaliados, sendo esses prioritariamente referentes à organização didático-pedagógica e ao corpo docente. Dentre os aspectos a serem melhorados no curso, pontuam-se a necessidade de melhorias na infraestrutura ofertada, a exemplo, uma maior disponibilidade de livros da área na biblioteca, mais salas para o atendimento dos docentes e uma maior produção científica.

Conforme explica o professor João Paulo Magna Júnior, um dos docentes da Engenharia Cartográfica e de Agrimensura, o curso tem muitas disciplinas que não possuem referências bibliográficas em língua portuguesa e há uma dificuldade em adquirir livros estrangeiros. “Quanto à produção científica, o corpo docente vem trabalhando para melhorar. Vem sendo cada vez maior a participação dos alunos da Engenharia Cartográfica e Agrimensura em projetos de pesquisa e de iniciação científica, além da participação no Grupo de Estudos em Geomática ligado ao curso.”

Durante a avaliação de reconhecimento do curso, a coordenação, por meio do professor Domingos Sávio, considera que a participação de docentes e estudantes foi fundamental para o alcance do resultado, além da atuação da Procuradoria Educacional Institucional do IFG e dos servidores lotados no departamento de áreas acadêmicas III.

O curso de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura é o único ofertado na região Centro-Oeste. O engenheiro Cartógrafo e Agrimensor é responsável pela coleta, análise e representação de dados cartográficos, gerando produtos importantes para o planejamento urbano e regional, monitoramento ambiental, construção civil, infraestrutura urbana e de transportes, agricultura de precisão, dentre outras áreas.

Dessa forma, a Engenharia Cartográfica e de Agrimensura é uma profissão de vanguarda e de importância fundamental não apenas para o Centro-Oeste, mas para o país, destaca a coordenação do curso.

Conheça mais sobre o curso de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura do IFG no Guia de Cursos

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia do IFG

 

Fim do conteúdo da página