Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > IFG vai selecionar dois câmpus para implantação de Laboratórios IFMaker
Início do conteúdo da página
Lab IFMaker

IFG vai selecionar dois câmpus para implantação de Laboratórios IFMaker

Chamada faz parte de Edital publicado pela Setec/MEC e encerra as inscrições no dia 15 de junho

  • Criado: Quarta, 03 de Junho de 2020, 17h03
  • Última atualização em Quinta, 18 de Junho de 2020, 18h19
IFG terá dois laboratórios para projetos que aliam teoria e prática
IFG terá dois laboratórios para projetos que aliam teoria e prática

Com objetivo de promover o ensino-aprendizagem também por meio da prática e elaboração de produtos ou objetos, para além do conhecimento teórico já presente no ensino dos Institutos Federais do país, o Instituto Federal de Goiás (IFG) vai selecionar duas unidades que receberão os chamados Laboratórios IFMaker. As inscrições, que devem ser feitas por meio das diretorias-gerais dos câmpus, estão abertas até o dia 15 de junho (ao meio-dia). A pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (Proppg) está recebendo as propostas pelo e-mail: pesquisa@ifg.edu.br.

Esses laboratórios são espaços para fortalecimento da cultura learning by doing (aprender fazendo), onde serão desenvolvidos projetos interligando diferentes áreas do conhecimento. Envolve ainda ações das três áreas finalísticas da Instituição: ensino, pesquisa e extensão. Os Lab IFMaker receberão, nessa primeira chamada, recursos para compra de equipamentos, conforme edital do IFG (nº 07/2020) e da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), do Ministério da Educação (MEC) – edital nº 35/2020. Será realizada ainda uma reunião via google meet para uma sessão de tira-dúvidas, no próximo dia 9, às 14 horas. Segundo informações da Proppg, o link de acesso à reunião será disponibilizado na mesma página onde constam o edital e o anexo.

Pelo edital, para submeter uma proposta, o câmpus precisa ter infraestrutura física necessária para implementação do Lab IFMaker: sala com instalações elétricas e lógicas (cabeamento, conectores, dispositivos de condutas para criar e estabelecer uma infraestrutura de telecomunicações) compatíveis e contrato vigente de internet. Além disso, os projetos, necessariamente, deverão ser multidisciplinares, o que significa que serão integradas diferentes disciplinas e áreas de conhecimento.

Outro ponto importante é a capacidade de interação com a comunidade acadêmica e o caráter extensionista, ou seja, ter impacto e interagir também com a comunidade externa ao IFG. Há outras regras a serem seguidas após a aprovação do câmpus que receberá o Lab IFMaker, que estão disponíveis no edital. Uma delas é a instalação do laboratório após quatro meses da entrega dos equipamentos.

As propostas serão selecionadas por meio de duas fases: análise documental e análise classificatória. A classificação das propostas será divulgada no dia 24 de junho, na página eletrônica da Proppg, onde estão publicadas a chamada e os demais documentos.

 

Ensino-aprendizagem

O espaço do Lab IFMaker tem como objetivo disseminar princípios que norteiam o ensino Maker. Isso significa também desenvolver atividades por meio da Aprendizagem Baseada em Projetos, que é um tipo de metodologia em que o estudante é o centro, ele é o principal ator dentro do processo de ensino-aprendizagem. Além de o estudante conduzir o processo, com orientação, os temas a serem desenvolvidos precisam atender às necessidades da comunidade onde os câmpus estiverem inseridos.

Veja a chamada interna e os documentos necessários para inscrição, na página da Proppg.

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

  

Fim do conteúdo da página